terça-feira, 9 de janeiro de 2018

EVENTO CULTURAL: LANÇAMENTO DE LIVRO SOBRE OBRA DE DALCÍDIO JURANDIR


No dia 21 de dezembro de 2017, o Professor Alcir Rodrigues, um dos membros do Movimento Escritores da Praia, lançou o livro Espaço ficcional no romance Ponte do Galo, de Dalcídio Jurandir, uma contribuição ao estudo de obras relevantes da Literatura Paraense.
"Neste trabalho dissertativo, tivemos a intenção de traçar uma “ponte” entre a ainda escassa leitura dos livros de Dalcídio Jurandir (1909-1979) e a pouca importância dada à categoria espacial, esta tão valorizada em todo o conjunto do Ciclo do Extremo-Norte. Ponte, portanto, a ligar entre si essas duas intrincadas margens e, concomitantemente, proporcionar uma potencial transposição que indique um rumo mais promissor para os estudos do espaço e da obra do autor marajoara. Por conseguinte, Ponte do Galo subsidiou-nos de modo decisivo na travessia desses espaços ficcionais dalcidianos, que enfocam um locus, por excelência, amazônida (sem o clichê tão desgastante e desgastado do elemento pitoresco), proporcionando um estudo analítico capaz de minimizar (ao menos um pouco) a problemática dupla do silenciamento da palavra de Jurandir e, ao mesmo tempo, capaz de aprofundar e pormenorizar o estudo tão menosprezado da espacialidade na ficção narrativa.

Detalhes do livro:

ISBN-13:
978-620-2-04572-8
ISBN-10:
6202045728
EAN:
9786202045728
Idioma do livro:
Português
Por (autor):
Alcir de Vasconcelos Alvarez Rodrigues
Números de páginas:
196
Publicado em:
21.12.2017
Categoria:
Ciências da literatura e linguística

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

EVENTO CULTURAL: LANÇAMENTO DE "TODA PROSA POR AÍ"

Sábado, dia 16, às 18h, foi lançado no Empata's Bar, na praia do Bispo, mais um livro produzido por um dos autores integrantes do Movimento Escritores da Praia. Produção independente, o livro intitulado Toda prosa por aí, de Ronaldo Andrade, foi impresso pela Editora Artesanal Remando Contra a Maré.
Ronaldo Andrade reside na Ilha de Mosqueiro, Distrito de Belém-PA, Professor de Literatura e Língua Portuguesa, é músico, compositor e poeta. Participa da Antologia Poesia do Brasil, Congresso Brasileiro de Poesia em Bento Gonçalves-RS desde 2014. Faz parte do Movimento Literário Escritores da Praia que publicou a Antologia da Praia, livro que reúne tendências literárias diversas, de artistas da pena na Ilha de Mosqueiro.
A Literatura é seu outro instrumento, além do violão, para expressar a arte. É o mentor do Projeto Oásis Poético na Escola, cujo objetivo é organizar produções poéticas de seus alunos em antologias anuais.

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

EVENTO RELIGIOSO: MOMENTO DA TRASLADAÇÃO DA IMAGEM DE NOSSA SENHORA DO Ó 2017

EVENTO CULTURAL: LANÇAMENTO DO LIVRO "SETE CARTAS DE TER-E-SER"

O escritor Paulo Uchôa, integrante do grupo mosqueirense intitulado Escritores da Praia, lançou, em novembro passado, mais um livro de sua autoria: SETE CARTAS DE TER-E-SER.
“O forte regionalismo amazônico impregna “SETE CARTAS DE TER-E-SER”, com uma sensível visão holística que o autor compartilha com você leitor: “Nós temos que nos ‘Raoni’, senão a gente se ‘Sting’ “ e que seja breve. Com foco no seu objetivo, o autor usa-se de sofisticado sarcasmo, para bradar o seu Kararaô, em sete simbólicos dias da semana do alto de seu chalé, na ilha do Mosqueiro, aos arredores de Belém do Grão-Pará, em sua jornada “quixoteana” para evitar a morte de Thaumazein, olhando pelas lentes panópticas de seu telescópio JWST.”
                                                                                   
                                                 Dr. Evandro Prestes Guerreiro

O autor Paulo Uchôa: 

Sob o cinza de 1964, nasceu Paulo Uchôa em Belém do Pará. O autor participou de inúmeros festivais, em que reconhecidamente ganhou notoriedade como compositor.
Escreveu e editou o livro “Introdução à História do Material de Construção em Belém” – pela Editora CEJUP, para o SINDMACO – Sindicato de Lojistas do Material de Construção.
Possui poemas e contos na coletânea “Antologia da Praia” editado pelo grupo de poetas da Ilha de Mosqueiro. Também é um dos cronistas do livro “Luzes da Floresta”, editado na gestão do então Prefeito de Belém Edmilson Rodrigues.
Autor dentre outros artigos científicos de “A Práxis como categoria filosófica da Educação” da Revista Talares editada pela Pós-Graduação da Faculdade ESMAC.
Assistente Social por profissão, Paulo Uchôa foi professor do Departamento de Políticas e Trabalhos Sociais da UFPA por 14 anos, de onde saiu para fundar o Instituto Práxis do qual é consultor.


sábado, 9 de dezembro de 2017

EVENTO RELIGIOSO: CÍRIO DA ILHA DO MOSQUEIRO

Domingo, dia 10, acontecerá o Círio de Nossa Senhora do Ó. A procissão, que teve início na década de 1920, é a manifestação de fé na Padroeira dos Mosqueirenses, uma devoção que nos remete aos primeiros tempos de ocupação da Ilha e que foi oficializada há 149 anos, com a criação da Freguesia do Mosqueiro e da Paróquia de Nossa Senhora do Ó. 
VENHA, PARTICIPE DESSE MOMENTO DE FÉ E APROVEITE AS BELEZAS DA ILHA !

NA ROTA DO TURISMO: MOSQUEIRANDO EM SOURE